Tristão e Alegrão na praia na escola EB1/JI de Ferreiros – Cristelo

No dia 14 de Novembro, durante a tarde, assistimos ao teatro Tristão e Alegrão na praia da companhia de teatro “A Capoeira”, organizado pela Biblioteca Municipal de Barcelos.

O primeiro personagem a aparecer foi o Alegrão que era o palhaço. Trouxe brinquedos para a “praia” e começou a brincar. De seguida, apareceu o Tristão que era um palhaço triste. Ele abriu a tenda e pendurou o pano em dois postes mas estava sempre a cair. O Alegrão foi lá, pôs aquilo direito e nunca mais caiu!

Mais tarde, o Tristão foi andar de baloiço mas não sabia andar e o Alegrão começou a ensiná-lo. O Tristão não ligava mas o Alegrão foi por trás e empurrou-o e assim ele começou a andar de baloiço. Depois o Alegrão foi para a toalha e o Tristão, bateu-lhe com os pés e ele caiu.

De repente, apareceu uma vendedora de bolachas e o Tristão comprou duas mas o Alegrão não tinha dinheiro, não pode comprar e foi dormir para a toalha. O Tristão também queria dormir mas para adormecer pôs um brinquedo de corda que dava música.

O Alegrão acordou, foi para a tenda do Tristão e começou a ler o jornal. Quando a música acabou ele correu para pôr a tocar outra vez e foi andar de baloiço. Depois arrumou-o e foi brincar para a toalha.

O Tristão pegou nos auscultadores do rádio e começou a ouvir a história “O Capuchinho Vermelho” mas nós vimos o teatro de fantoches.

Mais tarde, o Alegrão vendeu uns brinquedos a um turista e com o dinheiro já conseguiu comprar uma bolacha. Desta vez, o Tristão já não tinha dinheiro e ficou sem bolachas.

Com este teatro aprendemos que devemos partilhar e ser amigos uns dos outros!

seo uzmanı

- tiktok view bot